O Primeiro Sugar Daddy a História de Adolph B. Spreckels e Alma de Bretteville

O Primeiro Sugar Daddy a História de Adolph B. Spreckels e Alma de Bretteville

Atualizado em sexta, 23 de outubro de 2020

Adolph Spreckles é considerado O primeiro Sugar Daddy que existiu, sua história começa com seu relacionamento com Alma de Bretteville em 1908 que conseqüentemente pode ser considerada A primeira Sugar Baby que se tem registro.

Spreckels nasceu em San Francisco, Califórnia. Seus pais eram Anna Christina Mangels e Claus Spreckels, fundador da Spreckels Sugar Company. Aos 12 anos, Adolph estudou no exterior em Hanover, Alemanha, por dois anos, retornando a São Francisco para terminar seus estudos. Quando a empresa foi fundada em 1881, ele foi nomeado vice-presidente.

Adolph Spreckels sucedeu a seu pai como presidente da empresa. após sua morte 1908. Adolph Spreckels era extremamente leal a seu pai e a seu irmão John.

O Relacionamento de Adolph B. Spreckels e Alma de Bretteville é considerado o primeiro Relacionamento Sugar registrado na história, claro que com certeza houveram outros mais a relação e a história destes dois, passou a ser usada oficialmente como a primeira Relação Sugar.

Adolph Spreckles é considerado o Primeiro Sugar Daddy

Diz a história que o termo Sugar Daddy surgiu no início do século IX. Adolph Spreckles, um empresário herdeiro da Spreckles Sugar Company uma grande fabrica de açúcar sediada no estado da Califórnia, mantinha um relacionamento amoroso com Alma de Bretteville uma jovem muito mais nova, bonita, sexy e atraente. Alma Costumava chamar Adolph pelo apelido de Sugar Daddy, que significa Papai de Açúcar.

Em 1908 Adolph Spreckles e Alma de Bretteville se casaram e tiveram 3 filhos, uma filha Alma Emma um filho chamado Adolph Bernard Jr. e mais uma filha Dorothy Constance. Viveram um relacionamento feliz e repleto de alegrias até o falecimento de Adolph em 1924 de proneomênia. você pode conhecer toda a história de Adolph acessando o artigo em inglês na Wikipédia “A História de Adolph B. Spreckels

Com o Casamento de Adolph Spreckles e Alma de Bretteville, os americanos da época adotaram o termo “Sugar Daddy” para representar um homens mais velhos e bem sucedido que se relacionavam com uma mulheres mais jovens, bonitas e atraentes. Estas mulheres passaram a ser chamadas de “Sugar Baby” que significa Bebe de Açúcar.

Adolph Spreckels Também tinha problemas

Em 1884, ele deu um tiro em Michael H. de Young, co-fundador do San Francisco Chronicle, supostamente por causa de um artigo naquele jornal sugerindo que sua empresa açucareira fraudou seus acionistas. Spreckels alegou insanidade temporária à acusação de tentativa de homicídio e foi absolvido.

Spreckels também gostava de corridas de cavalos e possuía e criava vários cavalos de corrida, o mais famoso é Morvich, o primeiro cavalo criado na Califórnia a vencer o Kentucky Derby (1922).

A Carreira de Spreckels e Alma de Bretteville

Além da empresa açucareira, Spreckels foi presidente da San Francisco and San Mateo Electric Railway, vice-presidente da Western Sugar Company e da Oceanic Steamship Company, bem como diretor da Sunset Monarch Company. Além de seus empreendimentos comerciais, Spreckels atuou como Comissário do Parque de São Francisco e esteve fortemente envolvido no desenvolvimento do Parque Golden Gate.

O Lago Spreckels, no parque, leva o seu nome. O Spreckels Organ Pavilion no Balboa Park de San Diego, que abriga o maior órgão de tubos ao ar livre do mundo, também foi construído por Spreckels e seu irmão John. Além disso, John encomendou o Órgão Spreckels no Palácio da Legião de Honra em homenagem a Adolfo, que morreu antes de ser concluído.

O Palácio da Legião de Honra da Califórnia foi patrocinado por sua esposa Alma e pago com a fortuna Spreckels. Foi fundido com o Museu Memorial M. H. de Young em 1972 para se tornar o Museu de Belas Artes de São Francisco.

A Vida e Falmilia de Adolph Spreckels e Alma de Bretteville

Adolph Spreckels e Alma de Bretteville se casaram em 11 de maio de 1908, após um namoro de cinco anos. Eles tiveram três filhos, a filha Alma Emma, ​​o filho Adolph Bernard Jr. e outra filha, Dorothy Constance.

Após o nascimento da última filha, a saúde de Spreckels começou a piorar devido à sífilis que contraíra antes do casamento. Ele sabia da doença e a manteve em segredo de sua esposa, mas felizmente para ela, durante seus anos íntimos, a doença estivera latente, não contagiosa. Spreckels morreu em 1924 de pneumonia.

A mansão da família de 1912, localizada em 2080 Washington Street no bairro Pacific Heights de San Francisco, é atualmente a casa da romancista Danielle Steel. A mansão foi projetada por George A. Applegarth no estilo barroco francês. O castelo foi designado como San Francisco Landmark #197 em 9 de junho de 1990.

A vida de Adolph Spreckels e Alma de Bretteville é de certo modo o verdadeiro significado de uma Relação Sugar e não o que muitos distorcem por ai fazendo parecer que as Sugar Babbies são meras Garotas de Programas de Luxo. Se você que ter uma Vida de Sugar tome cuidado para não cruzar a linha tênue que separa a Prostituição da Relação Sugar.

— Fonte artigo em inglês da Wikipédia “A História de Adolph B. Spreckels

(Este relato foi lido 44 vezes, 6 visualizações hoje)
5/5 (1 Review)